Quatro milhões de crianças aprendem a cuidar dos dentes

Para estimular que crianças e adolescentes cuidem dos dentes, escolas da rede pública do ensino fundamental dos Estado de São Paulo realizam aulas e debates sobre saúde bucal.

Apoiados em manuais e vídeos fornecidos pelo Conselho Regional de Odontologia, professores falam sobre escovação, alimentos de alto risco de cárie (como doces e refrigerantes) e baixo risco de cárie (como verduras e carnes) e importância da saúde bucal para a saúde geral do corpo.

Os alunos têm sido estimulados a produzir trabalhos sobre esses temas, que este ano vão concorrer a prêmios que somam ao todo 450 mil reais. Professores e dentistas que participam do programa também podem inscrever seus trabalhos.

A iniciativa é do Conselho Regional de Odontologia do Estado de São Paulo (Crosp), em conjunto com as secretarias de Educação dos governos do Estado e do Município de São Paulo, e parceria com a Unesco.

Segundo o presidente do Crosp, Emil Adib Razuk, os jovens brasileiros têm hoje mais consciência sobre os cuidados com a saúde bucal do que há dez anos.

Ele cita exemplo da média de mastigação. “O brasileiro engole os alimentos sem mastigar. Mas isso está melhorando. Atualmente, jovens mastigam, em média, de dez a 15 vezes”, diz o dentista, que explica que a mastigação prolongada é essencial porque facilita a digestão dos alimentos.

Fonte: CircuitoMT.

Copyright 2018. Todos os direitos reservados.