Parto prematuro pode ser causado por gengivite

03gengiviteGravidez é fase de sorrir. Mas para isso é preciso ficar atenta à saúde bucal. Nesse período, as alterações hormonais podem favorecer o aparecimento da gengivite. Isso ocorre tanto porque os hormônios influenciam na capacidade de defesa do organismo, mas também porque há maior vascularização local e os pequenos vasos sanguíneos da boca se tornam mais frágeis.

 

Segundo o cirurgião-dentista Mario Groisman, mestre pela Universidade de Lund na Suécia, o tratamento desse quadro pode ser feito com visitas regulares ao dentista, além de manter uma correta higiene bucal no dia a dia. “Apesar de todos os cuidados, a gengiva poderá continuar irritada e inflamada, sangrando facilmente, devido às alterações hormonais”, diz Groisman.

 

Complicações

Cada vez mais a literatura científica associa a doença periodontal como fator de risco para o parto prematuro e/ou baixo peso ao nascer. Alguns estudos propõem que as infecções bucais, como a periodontite, podem funcionar como uma fonte de infecção que estimula uma reação inflamatória. “Esta reação inflamatória seria uma ameaça ao bebê, pois pode induzir o parto prematuro”, explica o dentista.

Para a saúde bucal, o agravamento da gengivite também é sério. Quando a gengivite é causada por placa bacteriana, é necessária a intervenção profissional para remoção do agente bacteriano. A falta de cuidado com a higiene oral é comum entre as gestantes devido aos enjoos. “A progressão da doença leva à formação do cálculo dental, o que pode levar a perda dos dentes”, afirma Groisman.

 

Acompanhamento

Se a gravidez for planejada, é indicado marcar uma consulta preventiva antes da gestação. Caso não seja possível, a melhor época é o segundo trimestre (entre o quarto e o sexto mês). “Isso porque no primeiro trimestre o bebê está se formando e deve-se evitar o uso de medicamentos, e no terceiro trimestre, a mãe está numa mais ansiedade devido à aproximação do parto”, esclarece.

Se for necessário fazer radiografias também é melhor esperar o segundo trimestre. “Se forem essenciais, podem ser realizadas, desde que se utilize o avental de chumbo”, alerta Groisman.

Fonte: Terra

Copyright 2018. Todos os direitos reservados.